Menu
busca avançada

Voltar

Notícias

Curso de bijuteria artesanal pode aumentar a renda08/11/2018

Alunos também aprendem técnicas de vendas e empreendedorismo
 
O Via Rápida Emprego, em parceria com a Secretaria Municipal de Emprego e Desenvolvimento Sustentável, conclui a primeira turma do curso de bijuteria artesanal nesta sexta-feira (9). Nos 30 dias de aula, as 16 participantes aprenderam técnicas com produtos econômicos, tais como retalhos de tecidos, pedaços de feltro e chita. Com esses materiais, tiveram a liberdade de confeccionar brincos, colares, pulseiras, tiaras e até chaveiros, incentivando a economia criativa.
"Focamos também em técnicas de vendas e em dinâmicas de grupo", declarou a professora Alda Sena, frisando que as aulas vão além da confecção. Na semana passada, a turma recebeu uma aula do Sebrae sobre como se tornar um MEI (Microempreendedor Individual).

Para a professora de artes aposentada, Laura Neidy Lima Ribeiro, 64 anos, foi uma oportunidade para se atualizar e lecionar. "Eu já confecciono bijuterias sustentáveis, mas precisava me atualizar. Este curso proporcionou isso. Também saio daqui preparada para ensinar outras pessoas. E as informações sobre vendas e empreendedorismo ampliaram minha visão", disse.

"Estamos trabalhando para trazer cursos que proporcionem oportunidades aos munícipes de terem seu próprio negócio. Mais do que aprender uma técnica, adquirir conhecimento sobre abertura e manutenção de uma empresa", acrescentou o secretário de emprego, Marcos Espírito Santo.
Os alunos ainda recebem mochila, apostila e um livro com informações sobre técnicas de vendas, entre outros temas. A previsão é de que a turma de bijuteria artesanal receba o certificado no final de novembro e novas inscrições sejam abertas no próximo ano.

Texto: Marisol de Andrade - MTb 58.160

Galerias de Imagens

Tags

Leia Também