Menu
busca avançada

Voltar

Notícias

Cadeq capacita famílias sobre codependência30/11/2018

O encontro ocorreu no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Cubatão
 
O Centro de Apoio, Desenvolvimento e Qualificação (Cadeq) de Cubatão participou nesta quinta-feira (29) de uma roda de conversa com famílias de jovens sob medidas socioeducativas com o tema "Codependência - necessidades de observação". O encontro, promovido pela Secretaria de Assistência Social (Semas) por meio Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) ocorreu na sede do Centro, na rua Salgado Filho, 227, no Jardim Costa e Silva.
 
A reunião foi conduzida pelo diretor presidente do Cadeq, Severino Correia (Sivuca), e pela assistente social da entidade, Odete do Carmo. Na ocasião, foi abordada a questão da codependência que é um termo usado na área de saúde para descrever o comportamento de pessoas fortemente ligadas emocionalmente a outras que, geralmente, estão enfrentando um problema. Por conta disso, desenvolvem uma dependência psicológica que faz com que deixem de viver a própria vida para viver a do outro. Esta condição torna os codependentes pessoas inseguras, controladoras, autodesvalorizadas, fragilizadas e infelizes.
 
Ajuda - Na ocasião, Sivuca, que também é terapeuta em dependência química, afirmou a importância de buscar ajuda especializada para enfrentar este problema. "Somente nos fortalecendo é que vamos ter condições de ajudar outras pessoas que passam por algum problema", disse. Esta ajuda é feita por meio de sessões com psicólogos e em grupos de autoajuda que trabalham com a questão. Segundo Sivuca, "entre as mudanças pretendidas no comportamento, a principal é que o codepedente passe a ser amar, a se considerar como a pessoa mais importante na vida e, desta forma, se fortaleça para, aí sim, ajudar o outro".
 
As dinâmicas com as famílias fazem parte do plano de trabalho das equipes do Creas de Cubatão sob coordenação da chefe de serviço de Atenção à Criança e ao Adolescente Celeide Silva e visa capacitar estas pessoas atendidas pelo órgão a lidar com inter-relações pessoais entre os membros da família, buscando cessar ou amenizar atitudes e/ou ações destrutivas que prejudiquem a convivência familiar. Celeide destaca que hoje o Creas realiza este tipo de  atendimento com uma equipe multidisciplinar, composta por assistência jurídica, atendimento social, orientadores sociais e psicólogos.
 
O encontro realizado pelo Cadeq faz parte do projeto "Conhecimento para Vencer" que buscar levar informações sobre assuntos como a dependência química e a codependência. O projeto é desenvolvido em escolas, empresas, clínicas de recuperação, clubes de servir, associações em geral e outros interessados em conhecer sobre o assunto, visando, principalmente, a prevenção e tratamento destas doenças.

Prefeitura Municipal de Cubatão
Secretaria de Comunicação

Tags

Leia Também