Menu
busca avançada

Voltar

Notícias

Cubatão Sinfonia capacita equipe para seguir atendimento aos jovens do Programa05/12/2018

Treinamento dos monitores aconteceu no Parque Anilinas 
 
O encontro anual de capacitação dos monitores do Programa Cubatão Sinfonia destacou os temas da estagnação e procrastinação, que é ato de deixar atividades para depois. As atividades aconteceram no último fim de semana em uma das salas do Centro Multimídia do Parque Anilinas, em uma parceria com a Prefeitura de Cubatão via Secretaria de Turismo.

Ao todo, 14 profissionais participaram do dia de atividades, incluindo palestras, dinâmicas, exemplos de como planejar aulas e trabalhar em sala de aula de maneira a incentivar os alunos a fazerem as atividades de maneira produtiva. O encontro tem por objetivo despertar a colaboração entre os monitores, de maneira que tracem metas individuais e comuns.

"É muito importante a realização desse encontro para reciclar conhecimentos e, sobretudo, ressaltar a importância da cooperação entre arte-educadores, alunos e todos que integram o projeto. A colaboração gera metas e, assim, conseguimos cumprí-las mais eficazmente. No caso do programa é impedir a evasão desses jovens", afirma Leandro Sampaio, um dos coordenadores do Cubatão Sinfonia. 
 
O Programa é realizado pela Associação de Músicos da Banda Sinfônica de Cubatão e conta com patrocínio da Bequisa e Copebras - empresa da CMOC International Brasil que possui operação de fosfatos - por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Tem ainda o apoio da Prefeitura de Cubatão e Ministério da Cultura. 
 
Mais sobre o Programa - Criado para atender jovens de núcleos de vulnerabilidade social como as Cotas e outros locais próximos, o Cubatão Sinfonia ensina a prática de instrumentos musicais, canto coral e expressão corporal desde 2007. Em todo o esse tempo, acolheu mais de 800 crianças e adolescentes, tirando-os da ociosidade no contraturno do colégio. O projeto é patrocinado pela Bequisa e Copebras - que além do apoio financeiro, acompanha ma evolução das atividades por meio de diagnósticos. 
 
Atualmente atende 98 estudantes cadastrados que, além das aulas, compõem os grupos de câmara e Fanfarra da Escola Maria Helena. Desde 2012, possui o selo da UNICEF, o que certifica a seriedade do projeto no atendimento à criança e ao adolescente. O Programa foi semifinalista do Prêmio Itaú-Unicef, selecionado entre mais de 2.922 projetos de todo o País.

Prefeitura Municipal de Cubatão
Secretaria de Comunicação

Galerias de Imagens

Tags

Leia Também