Menu
busca avançada

Voltar

Notícias

Cubatão tem três pontos para receber óleo de cozinha usado21/02/2019

Descarte consciente colabora para manter qualidade da água
 
Nada melhor para deixar um alimento com aquela dourada casquinha crocante que a fritura. Difícil resistir. Mas como saborear a batata frita, o pastel, o bolinho de bacalhau, sem peso na consciência? Afinal, qual o destino do óleo que sobrou na fritadeira? Pois saiba que Cubatão já conta com três locais para o descarte correto. Esse óleo, após processamento, é reutilizado para movimentar máquinas industriais e até veículos, se tornando biodiesel.

"Há quem não descarte o óleo da fritura no ralo da pia, mas despeja no vaso sanitário. Não adianta. Um litro de óleo contamina nada menos que 25 mil litros de água!", alerta o secretário de Meio Ambiente, Mauro Haddad. Preocupado com essa fonte de poluição que pode e deve ser contida, ele informou que a Prefeitura já iniciou ampla divulgação dos pontos de coleta do programa Óleo Sustentável, além de programar a implantação de outros locais de recolhimento.

Munícipes podem levar o óleo da fritura, acondicionado em garrafas pet, aos pontos instalados nas unidades do supermercado Krill do Casqueiro, na Avenida Joaquim Jorge Peralta, 166, Parque São Luis; e Vila Nova, Avenida Martins Fontes, 1.101. Na região central tem o ponto na Vila Paulista, na Rua Bernardo Pinto, 395, sede local da Sabep.
Segundo Haddad, até o final de março haverá um local de coleta em uma escola e outro em uma feira-livre, iniciando a expansão e a consequente maior conscientização da comunidade. Ele frisa que o descarte na rede de esgoto causa sérios danos à natureza, além de transtornos técnicos para o tratamento das águas.

Biodiesel - O óleo coletado, após a retirada das impurezas, passa por processo químico para dar origem ao biocombustível. Vale destacar que a reutilização do óleo causa menor impacto ambiental, além de ser uma fonte energética limpa e renovável. De acordo com especialistas, sua queima não contribui para o aumento do efeito estufa, uma vez que não emite enxofre. Além disso, lança menor quantidade de gás carbônico por ser de origem vegetal, ao contrário do diesel comum, quem tem origem fóssil.

Texto: Melchior de Castro Junior - Mtb 15.702

Galerias de Imagens

Tags

Leia Também