Menu
busca avançada

Voltar

Notícias

Radar da Avenida Beira Mar inicia fase de testes02/04/2019

 Período de testes é obrigatório por lei para aferição da eficácia do equipamento. Velocidade na via será de 50 km/h
 
A Avenida Beira Mar, no Jardim Casqueiro, tem um novo equipamento para auxiliar a Companhia Municipal de Trânsito na fiscalização do trânsito. O radar, instalado próximo ao Cantinho dos Aposentados, inicia nesta semana a fase de testes obrigatória para o início da sua operação.
 
Conforme explica o engenheiro de trânsito da CMT, Rogério Plácido, a fase de testes é uma exigência legal para certificar que o equipamento mede a velocidade real dos veículos. "Esse período de testes dura 30 dias e vai verificar se o equipamento está adequado a todas as normas exigidas por lei. Esse período também dá a oportunidade de detectar possíveis falhas no equipamento e corrigi-las", afirma.
 
O engenheiro também afirma que o local da instalação foi escolhido com cuidado e respeitando a legislação vigente. "O radar foi instalado próximo ao Cantinho dos Aposentados exatamente por ser um lugar de grande circulação de pessoas, com escolas próximas também, além da Praça da Independencia, local de lazer para os moradores do bairro", comenta.
 
O superintendente da CMT, Jefferson Cansou, ressalta que a instalação do equipamento no local tem caráter educativo e se deu após um grande número de reclamações de moradores sobre veículos circulando em alta velocidade no local. "Recebemos as reclamações e iniciamos estudos sobre todas as possibilidades de um redutor de velocidade no local. Após essa fase, concluímos que o radar seria a melhor opção para a avenida Beira Mar, já que uma lombada, por exemplo, dificultaria a realização de eventos culturais e esportivos no local", comenta.
 
Nos estudos, se definiu também a velocidade que será permitida no local, que será de 50 km/h. "Os estudos realizados pela CMT apontaram que a velocidade no local sendo de 50km/h é segura e vai permitir um bom fluxo de veículos na via, sem prejudicar o pedestre que precisa atravessar de um lado para o outro. Vamos observar por um período e, caso seja necessário, reavaliaremos esse quesito", finalizou.

Marcel Nóbrega

Galerias de Imagens

Tags

Leia Também