Coronavírus: com 3,37% de aumento no número de registros em uma semana, Cubatão tem a menor quantidade de novos casos desde maio

Com 206 novos casos de covid-19 confirmados na última semana (28 de agosto a 3 de setembro), os números de Cubatão seguem apontando para a desaceleração da COVID-19 no município.
De acordo com o levantamento semanal realizado pelo Serviço de Vigilância Epidemiológica (SVE), esses 206 novos casos representam uma variação semanal de 3,37%, a menor desde o pico da pandemia entre o final de maio e o início de junho. A cidade registra um total de 6.316 casos confirmados em 3 de setembro frente aos 6.110 casos em 27 de agosto.
No período anterior (20 a 26 de agosto), a variação foi de 5,80% (335 casos), enquanto entre 13 e 19 de agosto havia sido de 4,71% (260 casos), a menor até então. Nas semanas anteriores, a diferença estava acima do dobro da atual: 7,27% entre 7 e 13 de agosto (374 casos) e de 7,52% entre 31 de julho a 6 de agosto (360 novos casos).
A variação esteve bem mais alta. Segundo os registros, o crescimento de casos positivos foi de 11,26% entre 24 e 30 de julho, 9,81% entre 17 e 23 de julho e de 18,82% entre 10 e 16 de julho.
Ainda que a quantidade de casos suspeitos (999) possa alterar o quadro, as novas confirmações caem semana a semana.
Letalidade – Seguindo a tendência dos dois últimos meses, o levantamento semanal do SVE mostra nova queda do índice de letalidade, 2,80% dos casos na atual semana e 2,85% na semana anterior, índice abaixo de 3% desde a semana de 6 a 12 de agosto. A letalidade de Cubatão mantém-se abaixo do índice nacional (3,10%) e do Estado de São Paulo (3,71%). A redução da taxa de letalidade é consequência da política adotada por Cubatão de ampliação da testagem com o objetivo de identificar o maior número possível de pessoas infectadas pelo coronavírus na cidade.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais