Cubatão deve firmar convênio para implantação da Casa da Juventude

Unidade é centro de difusão cultural e de incentivo à qualificação e ao empreendedorismo

 
A Prefeitura de Cubatão deve firmar convênio com o Governo do Estado para implantar na Cidade um centro de difusão cultural e de formação profissional, a Casa da Juventude. A unidade, que promoverá ações de incentivo à qualificação, ao empreendedorismo e à busca de oportunidades de emprego e renda, estimulará a criação de novos projetos e negócios entre o público juvenil por intermédio de trabalho colaborativo.
A informação foi divulgada pelo secretário de Comunicação de Cubatão, Guilherme Amaral Belo Nogueira, que participou do lançamento do programa pelo governador João Dória, na Capital, na tarde da última terça-feira (4). Com o engajamento dos municípios, o Estado investirá R$ 20 milhões na criação desses espaços em diversas regiões.
“Foi com imenso prazer que participei do lançamento do novo programa do Governo do Estado para os jovens”, afirmou Nogueira, destacando que cada unidade oferecerá espaços multiuso de apoio ao público em início da vida profissional. “Sabemos que há muito a fazer, e pleitearei, sob o comando do prefeito Ademário Oliveira, a chegada desse programa em nosso Município”.
Nogueira destacou que Cubatão foi uma das 50 cidades, dentre os 645 municípios do Estado, a receber o título de Cidade Amiga do jovem. “Nosso Município se faz presente no Governo do Estado. O diálogo é peça fundamental para o desenvolvimento”.
Convênio – O projeto, gerenciado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado, contará com a participação das secretarias de Desenvolvimento Econômico; Cultura e Economia Criativa; e Habitação, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). A pasta de Desenvolvimento Regional articulará com as prefeituras e formalizará convênios para a criação dos espaços.
As cidades interessadas em aderir devem, obrigatoriamente, contar com um Conselho Municipal de Juventude e ter população menor que 150 mil habitantes, como é o caso de Cubatão. As prefeituras indicarão o terreno e ficarão responsáveis pela aquisição de móveis e demais equipamentos. Já o Estado financiará as edificações com 240m² de área construída em estrutura metálica e alvenaria. O prazo médio para a entrega de cada unidade é de oito meses.
Investimento – O governador João Dória, durante o evento, enalteceu que o projeto ajudará jovens na busca por oportunidades de emprego e renda com ações voltadas à qualificação profissional, economia criativa, empreendedorismo e convivência.
Além de cursos, a Casa da Juventude incentivará o coworking com área projetada especificamente para o trabalho colaborativo, garantindo que os jovens possam desenvolver projetos empresariais em diversos setores.
“Estamos assinando hoje R$ 20 milhões de investimentos para as Casas da Juventude que serão implantadas a partir de agora em todo o Estado”, anunciou Dória. “É São Paulo trabalhando pelos jovens, pela juventude e pela transformação”.
O vice-governador, Rodrigo Garcia, frisou que, ao alcançar o equilíbrio das contas, fruto de decisões difíceis tomadas desde o início da gestão, hoje o Estado se encontra em situação confortável para celebrar o futuro. “A Casa da Juventude reflete o espírito deste Governo, que é o da inovação, do emprego, de olhar para os jovens”.
Oportunidade – O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, disse que cada unidade será o escritório do jovem no Estado. “O coworking é uma iniciativa nova e um espaço com a estrutura necessária para que empresas e profissionais independentes e, principalmente, jovens em início de carreira, possam trabalhar a inovação, a criatividade, a troca de experiências e fortalecer contatos. Os jovens são empreendedores por natureza”.
Para a qualificação profissional, o Estado oferecerá as modalidades Expresso e Estágio do Novotec, com cursos técnicos e profissionalizantes gratuitos, além de um ambiente para desenvolvimento de modelos de negócios sustentáveis e startups. As Casas da Juventude também serão unidades acadêmicas e operacionais para atividades presenciais de cursos oferecidos pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp).
Além disso, cada unidade apresentará aos participantes um conjunto de negócios baseados em capital cultural e criatividade empreendedora. Oferecerá formação em economia criativa e práticas de transformação digital, além de cursos com metodologia apropriada para o ensino de robótica, tecnologias da informação e aplicadas a design, animação e games, entre outros.
Levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Regional aponta que há cerca de 10 milhões de jovens de 15 a 29 anos no Estado, o que equivale a 22% da população. Já no Brasil, a população jovem é de 48 milhões, 28% dos habitantes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais