Fundo Social entrega cestas de alimentos a famílias carentes de Cubatão

Ato ocorreu nesta segunda-feira (5), no Parque Novo Anilinas

Beneficiando 45 famílias carentes do Município cadastradas nos serviços assistenciais da Prefeitura, ocorreu na manhã desta segunda-feira (5) a distribuição de cestas básicas de alimentos resultantes de doações recentes feitas ao Fundo Social de Solidariedade de Cubatão (FSS). A entrega ocorreu em dependências do Parque Novo Anilinas, junto à Loja Solidária mantida pelo FSS, cuja renda ajudou a complementar as cestas com produtos menos doados pelos munícipes.
Para o prefeito Ademário Oliveira, o Fundo Social tem um papel importantíssimo: “O que mais me orgulha é a despolitização do trabalho do Fundo Social. Vejo aqui brasileiros, pessoas simples, que lutam pela vida, e as doações recebidas têm que ir para quem realmente precisa, para as famílias identificadas pelos Centros de Referência em Assistência Social (CRASs), onde as pessoas se cadastram e com esses dados em mãos é feito um ‘pente-fino’ para selecionar as pessoas com o único motivo justo, que é o da solidariedade”.
Ele continuou: “Conduzimos esse trabalho com a maior seriedade possível. Não tem jeitinho de prefeito ou de quem quer que seja. É preciso que a Administração Pública trabalhe para todos, mas em especial para quem mais precisa”. Neste sentido, citou outras ações em curso, como o investimento de R$ 120 milhões para urbanização da Vila Esperança, a obtenção da titularidade dos imóveis pelos moradores, lembrando que o Governo Federal já repassou ao Município integralmente as áreas da Vila dos Pescadores e da Vila Esperança, entre outras. “Com trabalho sério conseguiremos levar dignidade às pessoas sérias, brasileiros que não desistem nunca”, completou.
Qualidade – Também falou na oportunidade o secretário municipal de Turismo, Antônio Martins Ribeiro, que administra o Parque Anilinas onde estão as instalações do Fundo Social, e que testemunhou a qualidade do trabalho que vem sendo realizado no atendimento ao público. Por sua vez, e representando a Secretaria Municipal de Assistência Social, a assistente social Ana Carla S. Costa, da Divisão de Programas Comunitários, detalhou os critérios utilizados na seleção das famílias contempladas e explicou a importância de as famílias carentes serem incluídas nos cadastros de programas sociais.
Doações – Diretor do Instituto Alpha de Medicina para a Saúde, Sidney Dinau falou sobre o processo seletivo que culminou no dia 4 com as provas objetivas para escolha dos candidatos ao trabalho nas unidades de Saúde gerenciadas por aquela entidade.
Como foi lembrado, o Alpha preferiu não contratar uma empresa para realizar esta seleção, evitando assim que os candidatos tivessem que desembolsar taxa de inscrição, ela foi inteiramente gratuita para todos. Consciente da situação econômica difícil de muitas famílias, foi sugerido que os participantes da seleção, na medida de suas possibilidades, oferecessem alimentos não perecíveis ao Fundo Social.
Com isso, foram arrecadados mais de 700 kg de alimentos pelo FSS, que ajudaram a compor as cestas básicas. Como os candidatos puderam observar, não existiu qualquer cadastro ou registro de doadores, já que a seleção levou em conta unicamente os critérios objetivos (prova) previstos no edital, e quem não tivesse condições de ajudar teve as mesmas oportunidades dos doadores.
Pressa – Falando em nome da presidente do Fundo Social, Adeíza Monteiro Oliveira, o jornalista Carlos Pimentel Mendes explicou que – além dos alimentos mais doados, como arroz, feijão, macarrão, açúcar, óleo e farinhas – alguns itens complementares, como sal e molho de tomate, foram adquiridos com recursos resultantes do funcionamento da Loja Solidária.
“É um trabalho sério e intenso – disse –, como alguns munícipes puderam observar, ao serem surpreendidos com os contatos feitos até mesmo durante a tarde e o anoitecer de sábado passado, convidando-os para fazerem a retirada das cestas básicas com que foram contemplados. Isso foi necessário, porque quem precisa desse apoio tem pressa, e a realização de atividades simultâneas a essa (como o apoio à campanha Ação do Coração) e de eventos (como o recebimento e a entrega de agasalhos e mantas nas comunidades), dentro da Campanha do Agasalho, demandaram a atenção e mobilização de toda a equipe do Fundo Social durante os demais dias da semana”.
Imagens: Divulgação PMC
Galeria de imagens – CLIQUE AQUI

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais