Livro ‘Uma História de Amor e Paixão – 50 Anos da Encenação da Paixão de Cristo em Cubatão’ será lançado nesta quinta-feira (21)

A noite de autógrafos acontece no Bloco Cultural de Cubatão, a partir das 18h

Com o propósito de resgatar a memória histórica e afetiva da encenação da Paixão de Cristo de Cubatão, o historiador Welington Ribeiro Borges decidiu reunirem um livro fotografias, depoimentos e matérias publicadas nos jornais da região e do Estado de São Paulo.A obra conta a trajetória do espetáculo que é encenado na Cidade desde os anos 70.O livro será lançado no dia 21 de novembro, no Bloco Cultural Dr. José Edgard da Silva, que fica na Praça dos Emancipadores, s/n°, Centro – Cubatão, a partir das 18 horas.
Segundo o autor, a ideia partiu de um convite da produtora da Associação Incena Brasil, Carla Vieira.“O objetivo da proposta foi resgatar esta história que perdura por meio século na cidade. Procurei associar a narrativa histórica com uma reflexão quanto a importância de se preservar a cultura imaterial existente no município”. Borges ressalta que o livro resgata não apenas a história da encenação da Paixão de Cristo como o desenvolvimento da própria cultura cubatense a partir da industrialização que a Cidade experimentou a partir da década de 1950.
O livro tem 112 páginas e conta com uma homenagem póstuma ao jornalista Manoel Alves Fernandes, o Maneco, do Jornal A Tribuna, que dedicou grande parte da sua vida profissional ao município de Cubatão.  O prefácio foi assinado pelo ator, produtor, diretor e autor, Sérgio Mamberti.
O financiamento da obra foi realizado por meio do Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo (ProAC) e Secretaria de Cultura e Economia Criativa, a publicação feita pela Editora Inteligência e o patrocínio da empresa Unipar/Carbocloro.
Welington Ribeiro Borges é pós-graduado em Cidade e História – Meio Ambiente, Turismo e Lazer (UniSantos) e Educação Patrimonial – Desafios para o Ensino, a História e a Cultura (UNIMES). É coautor do livro Afonso Schmidt – Escritor da Alma Brasileira (2006) e Cubatão – Caminhos da História (2007). Foi Chefe da Biblioteca e Arquivo Histórico entre 204 a 2010), Secretário Municipal de Cultura de Cubatão entre os anos 2010 e 2016 e presidente do Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Cubatão, CONDEPAC entre os anos 2003 a 2011.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais