"Meu Emprego Cidadão" dá oportunidade para 70 desempregados em Cubatão

Programa oferece bolsa auxílio e capacitação. Aula inaugural foi nesta quinta-feira (24)

Com 20 anos de idade, Ester da Cruz Ribeiro é arrimo de família. Como está há mais de um ano sem trabalhar, viu no projeto “Meu Emprego Cidadão” a oportunidade de gerar renda e se capacitar. A moradora da Cota 200 escolheu o curso de assistente administrativo e não vê a hora de entrar na sala de aula. Ela faz parte de um grupo de 70 pessoas que integram o projeto: vão receber bolsa-auxílio de R$ 300 e curso de qualificação profissional.
A aula inaugural do projeto que faz parte do Programa Emergencial de Auxílio Desemprego (Pead) aconteceu nesta quinta-feira (24) no auditório da Escola Técnica de Cubatão (Etec). Será neste espaço que os participantes terão aulas de assistente administrativo, jardinagem ou pequenos reparos uma vez por semana. Nos outros quatro dias prestarão serviço em algum setor da Prefeitura Municipal por 6 horas diárias.
O grupo de bolsistas é formado em 80% por mulheres, o que chamou a atenção do prefeito Ademário Oliveira. Ele deu as boas-vindas a todo pessoal nesta primeira aula. “As mulheres de nossa cidade realmente fazem toda a diferença. É muito gratificante oferecer esse projeto que abre as portas para que vocês se qualifiquem e busquem novas oportunidades. Nossa cidade tem sofrido todo impacto da crise financeira e industrial no País e, com muita criatividade, temos gerado alternativas para nossa população seja capacitada e reinserida no mercado”, disse o prefeito.
Previsto para ser realizado por seis meses, o projeto poderá ser prorrogado, segundo informação do Secretário de Emprego e Desenvolvimento Sustentável, Marcos Espírito Santo. “O curso é formado por uma carga de 150 horas. Há possibilidade de estendermos o programa por mais três meses. É viável”, informou. Ele ainda destacou que Cubatão foi uma das quatro cidades do Estado que receberam maior número de vagas do “Meu Emprego Cidadão”.
Para participar do programa, do Governo do Estado, os interessados apresentaram documentação comprovando residir há pelo menos dois anos no Estado de São Paulo, ser arrimo de família e estar desempregado há mais de um ano. A Etec entra como polo de apoio e a diretora da unidade, Kely Renata Mariano da Silva, está feliz em participar do processo. “Os alunos terão os cerificados emitidos pelo Instituto Paula Souza. Estamos felizes em colaborar e oferecer um novo caminho a todos os participantes”, concluiu.
Fotos: Thiego Barbosa
Galeria de imagens – CLIQUE AQUI

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais