Prefeitos da Baixada Santista revertem a classificação das cidades para “zona laranja”. Cubatão reformula plano de retomada econômica

Graças ao trabalho realizado no sistema de saúde, Cubatão começa a planejar a retomada gradual da economia

Os prefeitos das nove cidades da Região Metropolitana da Baixada Santista demonstraram ao governo do Estado de São Paulo que foram equivocadamente classificadas como “zona vermelha” (fase I) no plano de reabertura da atividade econômica do governador João Dória para o enfrentamento da pandemia da Covid-19. Com a reclassificação para “zona laranja” (fase II) Cubatão sai do alerta máximo e, a partir de 1º de junho, pode desenvolver seu plano de reabertura gradual do comércio, com restrições.
A consolidação da reclassificação de Cubatão, juntamente com os demais municípios da região de ser oficializada na próxima terça-feira (2) e divulgada pelo Governo do Estado na quarta-feira, dia 3 de junho, no Palácio dos Bandeirantes.
O programa do governo do Estado de São Paulo, batizado de “Retomada Consciente”, prevê cinco fases para a distensão do isolamento social e a possibilidade da retomada gradual da atividade econômica nos municípios: redução consistente no número de casos de Covid-19, disponibilidade de leitos na rede hospitalar pública e privada, adesão a protocolos de testagem e o respeito ao distanciamento social e ao uso de máscaras de proteção. A avaliação dos critérios e a decisão pela “transição” é do prefeito municipal.
Cubatão – “Atendemos todas as cinco fases”, afirmou o prefeito Ademário Oliveira, um dos mais surpreendidos com a decisão do governo estadual incluir a cidade na “zona vermelha”. Ademário se mostrou satisfeito com o reconhecimento do governador João Dória pela reclassificação da cidade e pelo trabalho desenvolvido não somente em Cubatão, mas em toda a região: “Trabalhamos e investimos muito para garantir uma estrutura suficiente no sistema de saúde capaz de enfrentar a pandemia do coronavírus e garantir a assistência ao nosso povo. Nós construímos e equipamos um hospital dentro do Hospital Municipal de Cubatão para atendimento aos pacientes da Covid-19, e temos capacidade para ampliação”, finalizou.
Retomada – A administração municipal continuará a se reunir com os diversos setores produtivos da cidade (comércio, indústria e serviços) para juntamente com a Câmara Municipal planejar, de acordo com o programa do governo do Estado de São Paulo, a retomada gradual da economia na cidade. O Plano Municipal de Retomada Econômica será reformulado na próxima semana.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais