Prefeitura e Unisantos se unem para mediar conflitos na comunidade

Projeto prega a resolução pacífica, pela cultura do diálogo
No cotidiano de uma comunidade, nem sempre é possível evitar conflitos. E quando o atrito ocorre, a discussão geralmente percorre longos caminhos até encontrar (ou não) uma solução pacífica, voluntária e sustentável. Justamente para colaborar com esse processo que a Prefeitura de Cubatão firma convênio com a Universidade Católica de Santos na próxima segunda-feira (16). Nessa data, às 10 horas, no gabinete do prefeito Ademário Oliveira, será assinado o compromisso que permite a implantação do Projeto de Mediação Comunitária.
A secretária de Habitação, Andrea Maria de Castro, explica que o projeto surge como uma ferramenta para a gestão de contendas nos bairros. “Envolve a conscientização da capacidade de articulação da comunidade local na resolução de suas questões. Queremos estimular a comunidade a construir e a escolher seus próprios caminhos de resolução alternativa de conflitos”.
Ela destacou que o projeto deve colaborar com a redução da violência e seus efeitos com a valorização de soluções compatíveis dos conflitos no ambiente comunitário. “Também promoverá o empoderamento e a emancipação social para garantir o pleno exercício da cidadania”.
Ainda dentro dos objetivos da iniciativa está a criação de um espaço de promoção de direitos e de aplicação da mediação de conflitos, uma vez que se insere na cultura do diálogo. Além disso, deve fomentar a autonomia e fortalecer as redes locais.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais