Prefeitura inaugura Centro Operacional de Cubatão (COC)


Equipamento abriga central de monitoramento por câmeras

A Prefeitura Municipal inaugurou hoje (18) o Centro Operacional de Cubatão (COC). Instalado no prédio da Guarda Civil Municipal, o local abriga a central de monitoramento por câmeras, a primeira deste tipo na Cidade. Já está em operação com 230 câmeras de alta resolução instaladas nas principais vias de acesso ao município, ruas e avenidas da cidade, próprios públicos, estradas, área industrial e no Píer do Jardim Casqueiro. Só neste espaço turístico, são 22 olhares eletrônicos. Os equipamentos funcionam por meio de fibra ótica, garantindo melhor qualidade e rapidez na transmissão das imagens.

“Este é um momento histórico para Cubatão e traduz o novo momento de cidade que vivemos: com uma segurança pública robusta, inteligente. O objetivo deste COC é oferecer mais segurança às pessoas, inibir a criminalidade, colaborar com as autoridades policiais. Funcionará 24 horas por dia, 7 dias por semana”, explicou o prefeito Ademário Oliveira, afirmando que uma nova licitação já está em curso para adquirir outras 1.000 câmeras que estarão espalhadas por todo o município. O prefeito acompanhou a abertura do Centro Operacional  por meio de visita técnica ao prédio, junto com diversas autoridades municipais, poder legislativo, Polícias Militar e Civil, Ministério Público, indústrias do polo.

“O COC também tem papel fundamental em ações de força-tarefa e elaboração de estratégias para gestão de crise. Por isso, foi criada uma sala de reuniões ao lado, com vidro para visualização da Central, possibilitando um trabalho integrado”, afirma César Nascimento, secretário de Governo, que ajudou a implantar o sistema da Central que conta com imagens compartilhadas junto à Ecovias, indústrias, Companhia Municipal de Trânsito (CMT) e câmeras de  particulares, da própria comunidade, por meio do projeto ‘Segurança Solidária’.

O projeto possui softwares que auxiliam no trabalho de prevenção e policiamento ostensivo, como a identificação de placas de veículos interligado ao banco de dados da polícia e disparo de alarme de ações não previstas em horários diferenciados. “Nesse formato, tenho um mesmo GCM acompanhando 10 espaços públicos ao mesmo tempo e, com isso, aumentamos a eficácia do policiamento sobre situações suspeitas, danos ao patrimônio. Permite à Polícia Militar e à Guarda Civil agirem rapidamente”, explicou Pedro de Sá, secretário de Segurança Pública e Cidadania de Cubatão.

O Centro Operacional de Cubatão é fruto de um termo de ajustamento de conduta (TAC) junto à empresa Cesari e o investimento é de R$ 3 milhões. A definição do projeto foi indicado pelo Ministério Público. “A Central foi concebida de maneira que permita que o projeto avance, com novos equipamentos”, afirmou Thaísa Monteiro, promotora de justiça de Cubatão.

O sistema do Centro Operacional é considerado um “salto na segurança pública da cidade”, segundo o Capitão Elizardo Mattos, comandante da 4ª Cia da Polícia Militar, que considera uma ferramenta excelente que ajuda no monitoramento do trânsito na cidade e nas rodovias, bem como repressão ao crime. As imagens obtidas pelas câmeras do COC poderão ser armazenadas, servindo, inclusive, de provas para processos de investigação da Polícia Civil, de acordo com Fábio Guerra, delegado titular de Cubatão.

Por: Morgana Monteiro/Secom 
Fotos: Rafael Oliveira/Secom

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Município de Cubatão - CNPJ 47.492.806/0001-08 - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais