Secult abre inscrições para as oficinas de teatro no Parque Anilinas


De crianças a adultos, aulas são voltadas a todos os públicos, a partir de 7 anos

A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) abre inscrições para oficinas de teatro de 23 de janeiro a 16 de fevereiro para crianças (a partir de 7 anos), jovens e adultos.

As turmas serão divididas por faixa etária e modalidade: iniciação teatral, para crianças de 7 a 11 anos; criação e pesquisa teatro, de 12 a 21 anos; e oficina livre de teatro, a partir de 14 anos.

O início das aulas está previsto para 27 de fevereiro na sala 2 do piso superior do Parque Anilinas (Av. Nove de Abril, s/n° – Centro). No total, são oferecidas 20 vagas por turma, totalizando 90 vagas. As aulas são ministradas pela servidora e atriz Vanessa Souza.

Totalmente gratuitas, as oficinas têm duração de 10 meses e, no final, os alunos apresentam o resultado do aprendizado em uma mostra de espetáculos e recebem certificado.

As inscrições ocorrem de forma on-line. Também é possível se inscrever pessoalmente, na Secretaria de Cultura, que fica no Parque Anilinas, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas. É preciso levar RG e comprovante de residência. Menores devem estar acompanhados do responsável.

Seguem abaixo o formulário eletrônico e informações das oficinas:

 

Oficina de Iniciação Infantil (7 a 10 anos)

segundas-feiras

manhã – das 9h às 11h;

tarde – das 14h às 16h

Formulário para inscrições – https://forms.gle/fDxjc6wxYjvtahm7A

 

Sobre: Esta oficina propõe a experiência teatral a partir da vivência de jogos e exercícios cênicos baseados no método desenvolvido pela autora e diretora de teatro Viola Spolin, que estimulam a criatividade e a interpretação. Serão trabalhados jogos de improvisações, dramatização, exercícios corporais e vocais, criações de cena e personagens no intuito de promover a sensibilização cênica da criança. Ao longo da oficina são criadas cenas teatrais que servirão de base para a apresentação de final de ano.

 

 

Oficina de Criação e Pesquisa Teatral (11 a 21 anos)

Terças-feiras

manhã – das 9h às 11h30

tarde – das 14h às 16h30

Formulário para inscrições – https://forms.gle/KxbyEDYeb9WFfmL8A

 

Sobre: é destinada ao público com interesse na investigação das diversas áreas das artes cênicas e no processo colaborativo de criação, numa atitude autoral e participativa na atuação, dramaturgia e direção visando a uma linguagem coletiva no intuito de questionar os paradigmas das linguagens cênicas e social. Partindo dos jogos de contato improvisação, os alunos ganham instrumentos para construção de cenas. Esse processo visa às etapas da construção dos exercícios cênicos que servirão de base para a apresentação de final.

 

Oficina Livre de Teatro (a partir de 14 anos)

quartas-feiras – tarde – 14h às 16h30

quartas-feiras – noite – 19h às 21h30

Formulário para inscrições – https://forms.gle/j9fTK8ZfdT1WdzSb7

 

Sobre: concebe diversas maneiras de viver a realidade individual e coletiva de forma lúdica por meio das artes cênicas, criando um espaço de socialização, reflexão e respeito dos valores pessoais e da história de vida de cada aluno, promovendo o autoconhecimento, consciência corporal, troca de experiências no contexto de grupo e auxiliar na vivência mais consciente do próprio cotidiano através de jogos e exercícios cênicos baseados no método desenvolvido por Viola Spolin que estimulam a criatividade e a interpretação. Serão trabalhados jogos de improvisações, dramatização, exercícios corporais e vocais, criações de cena e personagens, e ao longo da oficina são criadas cenas teatrais que servirão de base para a apresentação de final de ano.

Breve histórico – A oficina, iniciativa de Vanessa Souza, teve início em 2014 com o objetivo de oferecer acesso à população da cidade e região um contato inicial ao universo das artes cênicas de forma gratuita. Após a pausa por conta da pandemia, as oficinas retornam este ano.

Sobre a professora – Em formação no curso de licenciatura de Artes Visuais, Vanessa iniciou suas atividades artísticas em 2003 como atriz pelo grupo Teatro do Kaos, de Cubatão, onde participou de espetáculos como: “O Guarani”; “Sonho de uma noite de verão”; “Romeu e Julieta”; atuou na montagem da peça Boca de Ouro e “A vida é sonho”, ambos pelo Grupo Pessoas e Projetos, apoiados pelo Projeto Ademar Guerra.

 

Ministrou oficina de iniciação teatral na Estação das Artes de 2007 a 2011 e oficina experimental no CAPS com portadores de sofrimento psíquico grave. No projeto/espetáculo “As Aventuras de Tito e Clara – o musical” com crianças e adolescente da comunidade de Cubatão onde além da oficina de interpretação também assinou a direção de elenco.  Cursou teatro musical na 4Act/SP.

Como atriz, seus trabalhos recentes foram no musical Vale Encantado de Oswaldo Montenegro dirigido por Deto Montenegro,  no Teatro Dias Gomes/SP; na montagem Zucco, do coletivo Uzina Utópica, dirigido por Douglas Lima; e na encenação Caminhos da independência pelo grupo Teatro do Kaos.

Atualmente é coordenadora e arte-educadora das Oficinas de Teatro Parque Anilinas e ministra oficina de interpretação cênica do núcleo infantil na encenação Paixão de Cristo.

Fotos: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Município de Cubatão - CNPJ 47.492.806/0001-08 - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais