Acordo entre Prefeitura e Incena garante R$ 75 mil para realização do 16º Festac

Recursos para o festival de teatro, que começa em 12 de outubro, serão provenientes de emendas impositivas ao orçamento municipal

 
O 16º Festival de Teatro de Cubatão (Festac), que vai do dia 12 a 27 de outubro, contará com ajuda financeira de R$ 75 mil, recursos decorrentes de emendas impositivas ao orçamento municipal e que serão liberados pela Prefeitura em parcela única. Essas emendas são de autoria dos vereadores Ivan Hildebrando da Silva e Rafael de Souza Villar.
A assinatura do termo de fomento entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura, e a Incena Brasil, organização social civil, sem fins lucrativos, com sede em Cubatão e responsável pelo evento, ocorreu na manhã desta quarta-feira (25), no Paço Municipal Piaçaguera.
Pela prefeitura, além do prefeito Ademário Oliveira, assinou a secretária de Cultura, Vanessa Toledo, e pela Incena, a presidente da organização, Rose Cláudio da Costa Vieira. Participaram, ainda,do ato, as representantes da Incena, Thayany Muniz, Alisse Ribeiro e Carla Vieira e o assessor da Secult, Ricardo Vasconcellos.
Segundo Vanessa Toledo, a assinatura do termo de fomento marca mais um momento importante para a cultura da cidade. ”Novamente, temos a arte local sendo beneficiada por emendas impositivas, um dispositivo que tem se mostrado muito eficiente no apoio a nossos grupos artísticos”, afirmou.
Conforme a secretária de Cultura, o acordo Prefeitura-Incena Brasil ajuda na consolidação do Festac como uma tradição do teatro cubatense.
Rose Vieira, presidente do Incena, lembrou que o apoio financeiro deste ano terá uma importância especial em razão das novas características do festival, que será descentralizado, com eventos em vários pontos da cidade. “Estaremos, de certa forma, seguindo o preceito daquela música de Milton Nascimento, que diz: o artista tem de ir onde o povo está”, afirmou.
O Incena teve origem no Cotac, Comissão Organizadora do Teatro Amador de Cubatão, surgida nos anos 1970, com objetivo de encenar, na Semana Santa, a Paixão de Cristo. Durante quatro décadas, o grupo organizou o drama, responsabilidade que foi assumida há 10 anos pelo Incena, formado depois que o Cotac teve as atividades encerradas. A apresentação deste ano marcou o cinquentenário do espetáculo.
 
PROGRAMAÇÃO
Além de 14 espetáculos, o Festac terá sete oficinas gratuitas: Expressão Vocal, com Nailse Machado; O jogo do palhaço (Priscila Jácomo); O documento dentro do teatro (Giovanna Marcomini), Maquiagem cênica (Tainara Corrêa), Confecção de máscaras cênicas (Rodrigo Caesar), Teatro performático (Matheus Lipari) e Voz para o teatro de rua (Companhia Cênica do SESC). Locais e horários das oficinas podem ser conferidos no Facebook do Festac 2019 (facebook.com/festac.cubatao).
Os espetáculos, todos com entrada gratuita, são:
Dia 13, 20 horas – Os bolsos cheios de pão, pela La Inquieta Compañia, no Teatro do Kaos (Praça Coronel Joaquim Montenegro, s/n).
Dia 16, 20 horas – Benjamin, o filho da felicidade, Companhia Trilha, no Bloco Cultural (Praça dos Emancipadores, s/n).
Dia 17, 20 horas – Caecus, um documento cênico, Companhia Los Puercos (Bloco Cutural).
Dia 18, 20 horas – Os mequetrefes, Companhia Parlapatões, Teatro do Kaos.
Dia 19, 15 horas – O castelo de Mulumi, Companhia Cabras Cegas, UME Estado de Alagoas (Faixa do Oleoduto, s/n, Pinhal do Miranda).
Dia 19, 20 horas – Vocifera, Teatro do Kaos, CEU das Artes (Rua Januário Cândido Pontes, s/n – Jardim Nova República).
Dia 20, 15 horas – S.O.S quase tudo, Priscila Jácomo, Exército da Salvação (Rua Amaral Neto, 211, Vila dos Pescadores).
Dia 20, às 20 horas – Procurando firme, Núcleo de Pesquisa Teatral/EAC, CEU das Artes.
Dia 23, 20 horas – WAR, Companhia para Pessoas Solitárias, Teatro do Kaos.
Dia 25, 20 horas – Algumas histórias, Companhia da Solitude, CEU das Artes.
Dia 26, 15 horas – Cunhantâs, Curumins e Lendas, Beto Vieira, UME Padre Manoel da Nóbrega ( Avenida Beira Mar, 1392, Jardim Casqueiro).
Dia 26, 20 horas – Por um triz, Companhia de Teatro Vinho e Alma, Teatro do Kaos.
Dia 27, 15 horas – O dia d’elas, Bella Cia e Praiaças, Galpão Cultural (Parque Anilinas, Avenida Nove de Abril, s/n, Centro);
Dia 27, 19 horas – Terra abaixo, rio acima, Companhia Cênica SESC, Parque Anilinas.
 
Fotos: Thiego Barbosa
Galeria de imagens – CLIQUE AQUI

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais