Coronavírus: número de novos casos por semana atinge o menor patamar em Cubatão

Com 260 casos de covid-19 confirmados entre 13 e 20 de agosto em Cubatão, o Serviço de Vigilância Epidemiológica (SVE) da cidade registrou o menor crescimento de novos casos nas últimas sete semanas. De acordo com levantamento realizado pelo setor, os novos casos representam uma variação de 4,71% entre os 5.515 casos de 13 de agosto e os 5.775 casos do dia 20.
Nos dois intervalos anteriores, a diferença de novos casos esteve na casa de 7%. O crescimento foi de 7,27% entre 7 e 13 de agosto (374 casos a mais) e de 7,52% entre 31 de julho a 6 de agosto (360 novos casos).
Ainda que a quantidade atual de casos suspeitos (1.069) possa alterar o quadro, esse número mantém-se constante enquanto as novas confirmações caem semana a semana. Segundo os registros, o crescimento de casos positivos foi de 11,26% entre 24 e 30 de julho, 9,81% entre 17 e 23 de julho e de 18,82% entre 10 e 16 de julho.
Outro número que colabora para esse quadro de desaceleração da pandemia na cidade é a relação entre testes realizados e casos positivos, que teve um pico na semana de 24 a 30 de maio, com mais de 500 testes realizados e uma taxa de positividade de 96%. Em seguida, com cerca de 700 testes realizados em cada, as duas primeiras semanas de junho registraram índices de 72% e 71%, com cerca de 500 confirmações em cada uma.
A semana seguinte, 14 a 20 de junho, é a da inflexão. O número de testes foi alto, ainda em torno de 700, mas a positividade caiu para 60%, com cerca de 400 confirmações, índice que cai para 52% e 46% nas duas semanas seguintes.
Em julho, a positividade fica na casa dos 30%, atingindo a marca de 20% na última semana do mês e caindo para 13% na semana de 2 a 8 de agosto, considerando os resultados liberados até o momento.
Esses números são reflexo direto da queda na procura pelo Pronto-Socorro Central por pacientes com sintomas relacionados à covid-19. O pico de movimento no local ocorreu na semana de 14 a 20 de junho, com 923 atendimentos. Após esse momento, houve uma redução contínua ao longo das semanas seguintes: 749 atendimentos entre 21 e 27/6; 639 entre 28/6 e 4/7; 638 entre 5 e 11/7; 490 entre 12 e 18/7; 467 entre 19 e 25/7 e 330 entre 26/7 e 1º/8.
Letalidade – O levantamento do SVE mostra nova queda, a nona seguida, do índice de letalidade causado pelo coronavírus com 2,93% dos casos confirmados até 20 de agosto frente a 2,96% da semana anterior. A letalidade de Cubatão mantém-se abaixo do índice nacional (3,2%) e do Estado de São Paulo (3,84%). A redução da taxa de letalidade é consequência da política adotada por Cubatão de ampliação da testagem com o objetivo de identificar o maior número possível de pessoas infectadas pelo coronavírus na cidade.
Recuperados – Ainda de acordo com o levantamento do SVE, 5.352 pessoas cumpriram o isolamento social ou receberam alta hospitalar, o equivalente a 92,67% do total de casos.
Bairros – A divisão de casos entre os bairros também mantém o padrão verificado desde o início dos levantamentos semanais, com a Vila Nova com o maior número de casos e óbitos: 727 casos comprovados, entre os quais 21 óbitos. Vila Natal está com 488 casos (13 óbitos), Jardim Casqueiro, 473 (13 óbitos) e Vila Esperança, 459 casos (14 óbitos).
Na casa de três centenas de casos encontram-se Jardim Nova República (374 casos, 11 óbitos) e Vila dos Pescadores (347 casos, 13 óbitos). Entre 200 e 300 casos estão Parque São Luís (292 casos, 9 óbitos), Vila São José (285 casos, 12 óbitos), Fabril (257 casos, 4 óbitos), Jardim Costa e Silva (250 casos, 8 óbitos) e Ilha Caraguatá (201 casos, 6 óbitos).
Entre 100 e 200 casos estão Jardim Real (193 casos, 6 óbitos), Parque Fernando Jorge (177 casos, 2 óbitos), Vale Verde (142 casos, 1 óbito), Jardim 31 de Março (124 casos, 5 óbitos) e Jardim São Francisco (113 casos, 4 óbitos).
Entre 51 e 100 casos figuram Vila Paulista (93 casos, 2 óbitos), Cota 200 (89 casos, 2 óbitos), Ponte Nova (75 casos, 3 óbitos) e Água Fria (62 casos, 4 óbitos).
Entre 11 e 50 casos: Vila São Benedito (50 casos, 6 óbitos), Vila Couto (48 casos, 1 óbito), Pinhal do Miranda (46 casos, 2 óbitos), Centro (46 casos), Costa Muniz (44 casos, 1 óbito), Vila Santa Rosa (38 casos, 1 óbito), Conjunto Afonso Schmidt (32 casos), Vila Elizabeth (26 casos), Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (21 casos, 2 óbitos), Vila Noel (21 casos, 1 óbito), Pilões (21 casos, 1 óbito), Sítio Novo (19 casos, 1 óbito), Mantiqueira (19 casos), Área Industrial (13 casos), Conjunto Rubens Lara (12 casos) e Cota 95 (12 casos).
Até 10 casos: Ilha Bela (9 casos), Morro do Índio (6 casos), Conjunto Mario Covas (3 casos), Jardim São Marcos (3 casos), Vila Pelicas (3 casos), Morro do Pica Pau (2 casos). E, com 1 caso, Piaçaguera, Sítio Cafezal e Vila CAIC. Do total, 47 casos não estão especificados. Devido à revisão contínua do banco de dados, é possível ocorrer variações ou alterações da localização de casos.
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais