Secretaria de Saúde relata ações contra covid-19 em Cubatão durante encontro na Câmara Municipal

Secretária de Saúde de Cubatão Denise Filomena Brito esteve nesta quinta-feira (14) na Câmara Municipal para apresentar aos vereadores as medidas que vêm sendo tomadas para o combate à covid-19 no município.
 
Além dos 35 leitos (25 clínicos e 10 UTIs) exclusivos para covid-19 e em isolamento que foram montados em abril no Hospital Municipal de Cubatão, a Secretaria de Saúde comunicou aos vereadores que prepara nova ampliação. O Hospital tem capacidade e espaço físico para a instalação de no mínimo outros 100 leitos.
A secretária Denise Filomena Brito também tratou da função da carreta instalada junto ao Pronto Socorro Central, cujo objetivo é atender pacientes com sintomas respiratórios para que a entrada do local seja usada por pacientes com outras necessidades.
A Prefeitura de Cubatão, além de publicarem todos os gastos no Portal da Transparência, estão seguindo as recomendações do Tribunal de Contas do Estado para compras referentes ao combate à pandemia. Em 8 de maio, para reforçar o acompanhamento dos gastos, o município criou a Comissão de Fiscalização das Ações Voltadas ao Enfrentamento da Covid-19 por meio da portaria 401/20.
Em relação ao planejamento, a cidade tem um Plano de Contingência aprovado pelo Comitê Estratégico Municipal Covid-19, formado por médicos, técnicos, gestores públicos e representante do Conselho Municipal de Saúde, que vem desde fevereiro definindo as ações no município, revistas e ampliadas de acordo com a evolução do cenário. Na arena administrativa, o município tem atuado em conjunto com as demais prefeituras da Baixada Santista para a adoção de medidas comuns.
Todos os servidores e trabalhadores a serviço da Secretaria de Saúde receberam e continuam recebendo equipamentos de proteção individual. As equipes que atuam na emergência e urgência recebem kits de EPIs por turno de trabalho.
O Hospital e as Unidades de Urgência e Emergência têm desde o início dos casos no Brasil se preparado para garantir o melhor atendimento possível, com espaços adequados e com exclusividade para a doença, como as carretas.
De acordo com números do dia 13, a letalidade da doença em Cubatão está em 7,56%, abaixo da média do Estado de São Paulo (8,3%). O isolamento social em Cubatão tem ficado acima da média do Estado. No Dia das Mães, por exemplo, com 61% de isolamento, Cubatão ficou entre as 20 cidades com os maiores índices de São Paulo.
 
Fotos: Câmara Municipal de Cubatão
Galeria de imagens – CLIQUE AQUI

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais