Serviço de Especialidade Pediátricas usa tecnologia na reabilitação da fala


Terapia fonoaudiológica recebeu equipamentos e softwares doados pelo Rotary Jardim Casqueiro

As salas de atendimento de fonoaudiologia do Serviço de Especialidades Pediátricas (SEP) da Secretaria de Saúde receberam nesta quinta-feira (8) uma série de visitas para conhecer os novos jogos e programas de reabilitação como apoio na terapia fonoaudiológica. Participaram da visita técnica integrantes do Governo Municipal, entre eles, o secretário de Governo César Nascimento; a chefe do gabinete do prefeito Ademário Oliveira, Renata Almeida; o procurador geral Gilberto de Freitas; o secretário de Comunicação Social Claudio Barazal; e representantes do Conselho Tutelar.

Cinco softwares desenvolvidos especialmente para a estimulação da fala e um computador foram doados pelo Rotary Jardim Casqueiro no final de dezembro e já se encontram em plano uso pela equipe de seis fonoaudiólogas. Com a doação, agora as três salas da especialidade contam com equipamentos e softwares de apoio ao serviço. “Com essas ferramentas, conseguimos trabalhar as dificuldades específicas de cada criança. Os jogos permitem reduzir o número de sessões para os mesmos resultados. Não só os softwares, mas também os jogos físicos e os livros”, conta a fonoaudióloga Luiza Salles Moreira.

No total, cerca de 600 crianças são atendidas todos os meses nas três salas, em sessões semanais ou a cada duas semanas de acordo com a complexidade de cada caso, com períodos de tratamento que se estendem de alguns meses a vários anos de acordo com a patologia e o grau de dificuldade da criança. A fonoaudióloga lembrou também da importância do apoio nas atividades de outras profissionais do SEP como terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e nutricionista, além das enfermeiras e pediatras.

A presidente do Rotary Jardim Casqueiro, Mary Inêz Dias de Lima, convidou a equipe a apresentar os resultados do trabalho nas reuniões do clube: “Agradeço a presença de todos que vieram aqui testemunhar esse pequeno gesto de solidariedade que foi a doação”.

Márcio Oliveira, secretário-adjunto de Saúde,  destacou que a parceria entre o Rotary Jardim Casqueiro e o projeto já tem mais de 10 anos, tendo começado em 2013, pelo qual já foram doados dois computadores, uma série de softwares e testes, inclusive uma câmera para a realização de sessões on-line durante o período de isolamento social da pandemia. “É uma parceria que se estende também a outros serviços da Secretaria de Saúde”, disse o secretário-adjunto.

Prematuros – Outro trabalho de reabilitação promovido pelo SEP é o Ambulatório de Prematuridade do Serviço de Especialidades Pediátricas, no qual também atuam as fonoaudiólogas. Em Cubatão, conforme a Secretaria de Saúde, em torno de 20 bebês prematuros nascem todos os meses no Hospital Municipal de Cubatão. E independentemente dos cuidados específicos que cada um deve receber ainda na maternidade, o que todos eles têm em comum é que, ao sair de alta, a família já tem uma consulta marcada no ambulatório para estimulação precoce, onde é acompanhada por uma pediatra, fonoaudióloga, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional.

O acompanhamento é feito até a criança chegar aos dois anos de idade. No total, entre as que deixaram recentemente a maternidade e as que já estão se aproximando dos dois anos, são 200 crianças acompanhadas.

Por: Alessandro Atanes/SMS
Fotos: Vitória Lopes/Secom

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Município de Cubatão - CNPJ 47.492.806/0001-08 - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais