Taxa de cura de COVID-19 chega a 67% em Cubatão

Estudo da Vigilância Epidemiológica traz também informações sobre letalidade, comorbidades, incidência sobre sexo e taxas de isolamento
O Boletim Diário sobre a situação de Cubatão relativa à incidência do novo coronavírus no município mostra que 144 pessoas foram curadas da COVID-19, entre altas hospitalares e fim de isolamento social. A informação sobre curados passa a ser realizada diariamente a partir deste sábado (16/5) e representa 67,60% do total de 213 casos positivos na cidade até o momento.
O número faz parte de uma série de estudos que vêm sendo realizados pela Diretoria de Vigilância à Saúde e pelo Serviço de Vigilância Epidemiológica. Na quinta-feira (14/5), com 212 casos confirmados, a relação de curados estava em 63%. No levantamento anterior, com informações do dia 8 de maio, o índice de cura estava em 58% de um total de 148 confirmações.
Outros dados do dia 14 mostram que a letalidade da doença no município acompanha a média nacional, em torno de 7%, e segue abaixo da média do Estado de São Paulo, de 8,1%. Os números do dia 14 ainda mostram que 17% dos confirmados cumpriam isolamento social e 13% estavam internados.
A distribuição de casos confirmados entre sexos está em 60% para mulheres e 40% para homens. Em relação à letalidade, a relação se inverte, dos 15 óbitos registrados no dia 14, nove eram de homens (60%) e seis de mulheres (40%). Dez óbitos referem-se a pessoas com 60 anos ou mais, os outros cinco a pessoas de 20 a 59 anos. Do total de óbitos, sete apresentavam comorbidades.
Bairros – Ainda de acordo com os números do dia 14, a Vila Nova é o bairro com o maior índice de confirmações entre os moradores, com 26 pessoas infectadas (2 mortes entre elas). Em seguida o Jardim Casqueiro com 20 casos (2 mortes), Vila dos Pescadores (18 casos, 2 mortes), Vila Natal (18 casos, 1 morte), Vila São José (17 casos), Jardim Nova República (15 casos, 1 morte), Jardim Costa e Silva (14 casos) e Vila Esperança (12 casos, 1 morte). A Vila dos Pescadores, ainda com 18 casos, registrou mais um óbito no dia 15.
Abaixo de 10 casos, seguem Parque São Luiz (8 casos, 1 morte), Ilha Caraguatá (8 casos), Jardim São Francisco e Parque Fernando Jorge (7 casos cada), Jardim Real (6 casos, 2 mortes), Fabril (5 casos), Jardim 31 de Março (3 casos, 1 morte), Cota 200, Vila Santa Rosa e Vila Paulista (3 casos cada), Bolsão 9 (2 casos, 1 morte), Pilões (2 casos, 1 morte), Costa Muniz e Vila Couto (2 casos cada). Com 1 caso, sem mortes, estão Centro, Cota 95, Afonso Schmidt, Cota 95, Jardim Anchieta, Morro do Índio, Ponte Nova, Sítio Novo, Vale Verde, Vila Noel e Vila Pelicas, e 1 caso positivo não tem o bairro identificado. Na atualização do dia 15, o Jardim 31 de Março chegou a 4 casos.
A Secretaria de Saúde alerta para a continuidade das medidas de prevenção e isolamento como forme de redução do contágio pelo coronavírus. A taxa de isolamento social em Cubatão estava em 48% no dia 14, conforme levantamento do governo do Estado. No dia anterior (13/5), a cidade registrou seu índice mais abaixo desde o início da medição, com 47%. O município tem registrado índices de 48% a 50% durante dias de semana e de 53% a 65% aos sábados, domingos e feriados.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais