Yasmin Mattos: bailarina cubatense integra Cia Deborah Colker

Companhia é uma das mais importantes do Brasil e referência mundial

A bailarina cubatense Yasmin Mattos está onde muitos artistas de todo o Brasil, quiçá do mundo, desejam estar: faz parte do elenco principal de uma dos grupos mais influentes do País, a Cia Deborah Colker. Aos 25 anos, Yasmin atualmente vive no Rio de Janeiro, justamente por causa da profissão. É lá que a companhia está radicada.

Da semana passada pra cá, Yasmin tem vivido um turbilhão de emoção e alegria. No dia 7 de outubro aconteceu a primeira apresentação presencial Cia com o espetáculo “Cura”, após longos meses de pandemia. A bailarina foi escalada para o elenco principal e coloriu o palco do Teatro carioca Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.  “Cura” é o mais novo projeto da coreógrafa Deborah Colker que estará em cartaz até dia 31 de outubro. Inspirado na história de Stephen Hawking, também estreou no Globoplay no fim de setembro, onde foi transmitido ao vivo e com sinal aberto para não assinantes do mundo inteiro.

Este espetáculo, agora, também faz parte da trajetória de Yasmin. Nas redes sociais, a artista expressou a alegria de retornar aos palcos: “Voltamos a ter a presença de vocês na plateia e como foi especial! Depois de tanto tempo longe dos palcos, sem ouvir o burburinho e os aplausos, longe do nosso templo… que emoção!”. Ela também compartilhou muitos momentos especiais relacionados ao espetáculo, como sua caracterização, os ensaios e a coreografia encenada.

A bailarina ainda usou as redes para agradecer a todos pelas mensagens de carinho e demonstrou empolgação com a estreia de “Cura”. Para ela, foi tudo muito intenso e expressou seu desejo de que todos possam assistir ao espetáculo de forma presencial, em breve. Yasmin ainda publicou uma foto com o artista Carlinhos Brown, que assinou a trilha sonora do espetáculo. Na foto, a seguinte legenda: “Que delícia de reencontro! Obrigada pelo carinho de sempre. Ouvir de Carlinhos Brown que ele é seu fã, é uma honra! Gratidão”.

Carreira promissora – Apesar da pouca idade, Yasmin já possui várias conquistas na carreira. Uma das mais importantes é ter sido escolhida, em 2018, a Melhor Bailarina do Festival de Dança de Joinville. A artista foi premiada com quatro coreografias nos estilos jazz e contemporâneo. Na época ela ainda integrava a Cia de Dança de Cubatão que conquistou o prêmio de Melhor Grupo do Festival – considerado o maior do mundo no gênero competição.

Além disso, Yasmin também já participou de festivais dentro e fora do país, conquistando outros prêmios. Ganhou medalha de prata no Livorno In Danza, na Itália, bem como medalhas de ouro, prata e bronze no Festival Internacional Valentina Kozlova, em Nova York. Ela ainda é embaixadora do projeto Só Dança Brasil.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

VEJA TAMBÉM

© Copyright Prefeitura Municipal de Cubatão - 2021. Todos os direitos reservados - DSJ Soluções Digitais