Cubatão, 20 de agosto de 2014

Tempo

00ºC / 00ºC

Qualidade do ar

Notícias

Obras públicas Transportes 30/01/2013

Reunião debate impactos do novo anel viário da via Anchieta na área urbana de Cubatão

Interferência das obras no Parque Primavera é uma das preocupações dos técnicos da administração municipal
 
Desde o útimo dia 7, o Governo do Estado, por meio da concessionária Ecovias, está construindo, no quilômetro 55 da Via Anchieta, um novo anel viário, ao custo de R$ 330 milhões e que exigirá, entre outras obras, a implantação de seis viadutos e duas rodovias marginais. O empreendimento, que é uma antiga reivindicação do Pólo Indústrial e da Prefeitura, destina-se a eliminar os graves problemas de tráfego provocado pelo gargalo existente no local, por onde passam, anualmente, 35 milhões de veículos em direção a todos os municípios da Baixada Santista. Quais serão os impactos sociais, ambientais e viários de uma obra deste porte, durante sua execução e após ela, na área urbana de Cubatão?  

O debate sobre esta questão e a obtenção de informações foi o objetivo da reunião realizada na manhã desta terça-feira, na Prefeitura, entre técnicos da Ecovias e da Administração Municipal. Na primeira parte, houve a apresentação do projeto por Sidney Vilar Rodrigues Filho, engenheiro da Ecovias responsável pelo acompanhamento das obras. Depois, foram analisadas as dúvidas apresentadas pelos técnicos da Prefeitura.
Os principais questionamentos referiram-se ao destino do Parque Primavera, importante área de esporte, lazer e preservação ambiental na entrada da cidade - que será cruzado pelo maior dos viadutos do novo anel viário -, e à ligação entre as avenidas Giusfredo Santini com a terceira pista prevista para a Rodovia D. Domênico Rangoni, que une Cubatão a Guarujá.

Sobre o Parque Primavera, o secretário municipal de Habitação, e coordenador do encontro, Ricardo Cretella, disse que a Prefeitura já está pleiteando e debatendo, com o Governo do Estado, compensações por dois tipos de interferências na área: a ocupação parcial, na fase inicial, por canteiros de obras, e a ocupação permanente de alguns trechos por estruturas de sustentação do maior dos viadutos do anel viário.

A respeito da ligação entre a avenida Giusfredo Santini e a Rodovia D.Domênico Rangoni, o representante da Ecovias revelou que ainda está em fase de análise a busca de uma solução para evitar que haja cruzamento, em nível, dos veículos que saem da área urbanas em direção à Via Anchieta.

Além de representantes das secretarias municipais de Obras, Habitação, Segurança, Emprego e Desenvolvimento Sustentável, a reunião contou com a participação de membros do Serviço do Atendimento Médico de Urgência -Samu; da Companhia Municipal de Trânsito - CMT e da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Cubatão.
 
Foto: Alan Nóbrega
20130130-obras-anel viário
Texto: Paulo Mota - MTb 12.814
Secretaria de Obras, Secretaria de Planejamento, Secretaria Municipal de Governo
  • Por Edemilson Soares Vejo que no ano de 2014 no pico dessas obras do Anel Viario e da criação das novas faixas na rod conego domenico não conseguiremos acessar as industrias de Cubatao ..... todo dia filas e mais filas de caminhões, somadas as obras ...sera o caos .... e a prefeita Marcia Rosa tomando decisões sem pensar proibindo o funcionamento dos patios de caminhoes das 19 as 08 hs ... e na madrugada é o horario em que os motoristas de caminhões mais se deslocam para não impactar tanto de dia.

  • Por João Esse Jd Primavera é apenas um campo de futebol que é frequentado no maximo no final de semana, desloca esse jardim para outro lugar.EU NÃO ESTOU VENDO OBRA NEBHUMA SENDO EXECUTADA, pois estamos no dia 15/02/13 e NADA DE MAQUINAS NAS PISTAS POR ENQUANTO É SÓ BLA BLA BLA NÃO TEM MAQUINAS NO CANTEIRO DA ECOVIAS ...NADA ESTA TUDO DO MESMO JEITO...CHEGA DE PAPO E VAMOS TRABALHAR PÔ

  • Por Airton Quanto ao anel viário não resta nenhuma duvida de que já era tempo a ser construído. Precisamos mesmo Urgentemente. mas e quanto a entrada e saída do Jardim Casqueiro? Nao seria mais fácil rápido e econômico se fizessem um pontilhao como o que foi feito em frente o shoping praia grande? Afinal de contas o grande número de veículos passaria por debaixo da via anchieta e os caminhões poderiam usar o viaduto normalmente. Pensem nisso. Aproveitem e levem a idéia para a entrada de SANTOS que é simplesmente horrível,quem vem de fora fica estarrecido com tanta feiura da entrada principal de uma cidade turística como Santos.

  • Por Manoel Quero saber quais serao as contrapartidas oferecidas e quando que o Pq das Primaveras foi tao importante para cidade,se nao existiu reforma do mesmo estando a tanto tempo fechado,Trabalhem em prol de melhorias com agilidades...

  • Por Adelaine Fala-se tanto em anel viário em Cubatão, e o viaduto 31 de março no jardim Casqueiro, nada. Pelo jeito continuaremos com o sofrimento ao acessar a única saída do bairro paro o centro da cidade. Tudo somente para facilitar o fluxo do turismo e da indústria.